Preenchimento de mamilo promete ser a próxima tendência entre mulheres - Comportamento | Valter Vieira - Informação de qualidade
20 de outubro de 2018
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

COMPORTAMENTO - 07/10/2018

Preenchimento de mamilo promete ser a próxima tendência entre mulheres

Preenchimento de mamilo promete ser a próxima tendência entre mulheres

O clã Kardashian-Jenner é um dos maiores lançadores de tendência no mundo. As irmãs construíram um verdadeiro império de influência e, mesmo sem querer, tudo que elas fazem vira moda. Nos consultórios estéticos dos Estados Unidos, Kendall Jenner (foto em destaque) virou referência em uma técnica ainda pouco conhecida no Brasil, mas que, aos poucos, começa a ganhar destaque: o preenchimento de mamilo.

A modelo é famosa por usar roupas transparentes dentro e fora das passarelas, além de sera favor do movimento Free the Nipple (libere o mamilo, em tradução livre). Inspiradas nas composições ousadas de Kendall, as mulheres têm buscado mamilos maiores e querem ficar de “farol aceso” com mais facilidade também.

Para realizar a técnica, é usado ácido hialurônico, o mesmo designado para preenchimento de lábios, sulcos e olheiras. “O produto é injetado em pequenas quantidades na aréola, com o intuito de fazer uma elevação sugestiva do mamilo”, explica a dermatologista Bárbara Uzel.

A médica afirma que o tratamento de beleza ainda não é muito requisitado no Brasil, mas esse cenário deve mudar justamente pela influência global das Kardashians. “Aqui não há uma cultura tão forte desse tipo de preenchimento simplesmente por estética. Atualmente está mais associado ao complemento de plástica reparadora de quem fez mastectomia”, comenta.

O procedimento é considerado minimamente invasivo e, por mais que os riscos sejam baixos, é preciso procurar um dermatologista ou cirurgião qualificado. “Nos seios, existe a glândula e os ductos mamários. Caso a injeção seja feita de forma errada, esses canais podem ficar entupidos e causar inflamação, infecção e nódulos. O preenchimento é proibido em gestantes e mulheres em fase de lactação”, orienta.

Por ser considerada uma técnica simples, na maioria dos casos a paciente sai do consultório sem necessidade de repouso. “Pode haver inchaço, hematoma ou dor durante aplicação, mas é seguro quando feito bem”, garante. METRÓPOLES

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%